Vencer uma leucemia: a história de Noah

Com apenas 5 anos, Noah é um rapaz bastante fofo e simpático, que adorar futebol, jiu-jitsu e as músicas dos Kidz Bop.

Atualmente, o menino passa grande parte dos seus dias a assistir à Patrulha Pata e aos Incríveis; mas, no futuro, o jovem sonha em frequentar a Universidade do Tennessee onde, na sua ingenuidade, acredita que se irá tornar no próximo Homem-Aranha.

Noah foi diagnosticado com uma leucemia linfoblástica aguda. – Fonte: DR

Em 2018, Noah começou a sentir fortes dores na perna esquerda. Os seus pais desvalorizaram, uma vez que o rapaz era bastante ativo, mas, quando o menino se queixou de dores no estômago e dificuldades em respirar, a preocupação aumentou.

Noah foi levado ao pediatra que descansou os pais, dizendo-lhes que os sintomas se deviam à sua condição asmática.

Mas os sintomas persistiram e Noah foi ficando, de forma gradual, cada vez mais letárgico.

Mais preocupados do que nunca, os pais levaram Noah de emergência ao hospital, onde os médicos nada descobriram. Mas os sintomas continuaram, assim como as visitas a vários médicos; até que, um dia, um exame gastroenterológico revelou que o menino tinha um crescimento bacteriano anormal.

Após vários exames, Noah foi diagnosticado com uma leucemia linfoblástica aguda de células B de alto risco.

Logo de imediato, o menino foi começou a fazer tratamentos no East Tennessee Children’s Hospital, onde foi sujeito a várias formas de quimioterapia, tomou esteroides e fez várias punções lombares.

Durante o tratamento, Noah teve muitas complicações como hipertensão, taquicardia, derrame pericárdico, uma infeção por estafilococos, uma reação negativa ao plasma nas plaquetas, perda de peso, neuropatia severa; o jovem também teve de ser alimentado através de um tubo.

Durante algum tempo, o menino ficou incapaz de se mover; mas, com a ajuda de terapia física e ocupacional, Noah acabou por aprender a andar novamente, ainda que com auxílio.

O menino sonha ser o próximo Homem-Aranha. – Fonte: DR

Hoje, Noah está em remissão, sendo que o seu tratamento deve terminar em novembro de 2020.

A sua mãe, Martha, espera que até lá o seu filho possa tirar algo positivo desta experiência e começar uma vida longa e saudável, livre dos efeitos secundários relacionados com a quimioterapia.

Martha acredita que, ao partilhar a sua história, Noah pode fazer a diferença na vida de outras pessoas; para a sua família e amigos, este jovem lutador é já uma grande inspiração.

“A jornada de cada família é diferente. Não podemos fazer comparações. No nosso caso, aprendemos a viver não ‘um dia de cada vez’ mas ‘5 minutos de cada vez’. Mesmo assim, e apesar de, tal como disse, todas as jornadas serem diferentes, foi muito bom para nós conhecer outras famílias que também tinham sido afetados pelo cancro infantil. Deu-nos ainda mais força!”.

E foi graças a essa força, que a família de Noah se inspirou e criou a sua própria fundação, a #NoahNation Foundation, que oferece pijamas adaptados a crianças que lutam contra o cancro.

A família de Noah nunca desistiu! – Fonte: DR

Fonte: Alex’s Lemonade

Comments are closed.
Newsletter