Tratamento oncológico pode ficar concentrado em poucos hospitais

O tratamento dos pacientes que sofrem com cancro em Portugal pode ficar em breve concentrado em apenas alguns hospitais do país, revelou uma fonte do Governo ao semanário Sol. 
Segundo afirmou fonte governamental, o Executivo considera que a “dispersão” do tratamento do cancro não é “útil ao doente”, pelo que defende que a patologia seja tratada em centros de excelência localizados apenas em algumas cidades, provavelmente Lisboa, Porto e Coimbra. 
Jorge Espírito Santo, presidente do colégio de especialidade de Oncologia da Ordem dos Médicos, não concorda com a possibilidade de concentração dos tratamentos de oncologia em poucos hospitais do país e alerta que “se o objetivo for limitar o tratamento” a poucas unidades hospitalares, “a Ordem dos Médicos (OM) será contra”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter