Um ensaio clínico inovador, liderado por Nicholas Vitanza, um neuro-oncologista do Seattle Children’s Hospital, nos Estados Unidos, sugere que o uso da imunoterapia CAR-T pode vir a ser viável em crianças diagnosticadas com cancro cerebral. Os resultados, publicados na revista Nature Medicine, são as descobertas 
Ler mais