Em alguns tipos de cancro, incluindo leucemia diagnosticada em crianças e adolescentes, a obesidade pode afetar negativamente os resultados de sobrevivência. Jovens obesos com leucemia têm uma probabilidade 50% maior de recidiva após o tratamento do que os seus contrapartes magros. Agora, uma investigação realizada 
Ler mais
Recentemente, cientistas da Universidade de Sevilha, em Espanha, descobriram que a expressão elevada da proteína VRK1 pode estar associada a uma maior agressividade do tumor e a uma menor probabilidade de sobrevivência em pacientes pediátricos diagnosticados com neuroblastoma. O neuroblastoma é um tipo de cancro 
Ler mais
Cientistas do Hopp Children’s Cancer Center Heidelberg, na Alemanha, desenvolveram um algoritmo capaz de identificar alvos moleculares e de os associar a tratamentos direcionados para cancros infantis com prognóstico reservado. O uso desse método ajudou a retardar a progressão da doença, ou a morte, nas 
Ler mais
Investigadores do St. Jude Children’s Research Hospital, nos Estados Unidos, do European Molecular Biology Laboratory, em Espanha, e do German Cancer Research Center, na Alemanha, identificaram o gene ELP1 como um agente de predisposição para o desenvolvimento do meduloblastoma pediátrico. O meduloblastoma é o tumor 
Ler mais