Um novo estudo mostrou que cada vez menos sobreviventes de cancro infantil sofrem de problemas cardiovasculares decorrentes do tratamento; ainda assim, os investigadores alertam que a prevenção e o acompanhamento não devem ser descurados. Durante mais de 20 anos, cientistas acompanharam mais de 23 mil 
Ler mais
Newsletter