Um dos tipos de cancro cerebral pediátrico, conhecido como glioma pontino intrínseco difuso (DIPG), é quase uniformemente fatal. Em parte, isso é devido à forma e ao local onde ele se desenvolve, formando-se como uma rede difusa de células numa parte do tronco cerebral chamada 
Ler mais
Num artigo publicado na revista Cell Stem Cell, cientistas do Whitehead Institute, nos Estados Unidos, apresentaram uma nova maneira de modelar tumores de neuroblastoma humano em ratos usando quimeras – neste caso, animais que foram modificados para ter células humanas em partes do seu sistema 
Ler mais
Um estudo realizado por investigadores da NYU Grossman School of Medicine, nos Estados Unidos, descobriu que crianças com tipos agressivos de cancro do sangue são diferentes, não apenas no código de ADN das suas células sanguíneas, mas também na “superestrutura” proteica retorcida que controla o 
Ler mais
Investigadores do Nemours Children’s Health System, nos Estados Unidos, recorreram à sequenciação de nova geração (NGS) para identificar com uma maior precisão as caraterísticas genómicas da leucemia em crianças, o cancro infantil mais comummente diagnosticado. O estudo, publicado na revista BMC Medical Genomics, identificou novas 
Ler mais
A imunoterapia dirigida ao PD-L1 foi considerada segura e tolerável em crianças e adolescentes com cancros tratados anteriormente; ainda assim, de acordo com um ensaio clínico de fase I e II, as respostas foram limitadas a pacientes com linfomas. “Quatro dos 20 pacientes com linfoma 
Ler mais
É algo com o qual alguns pacientes com cancro sonham: comemorar o fim do tratamento a tocar o “sino da esperança” ou “sino da cura”, como é denominado, rodeados de familiares, amigos e médicos. Para muitos pacientes, esta prática cada vez mais comum em hospitais, 
Ler mais
Uma inovadora pesquisa realizada pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, desenvolveu uma nova técnica capaz de avaliar a agressividade de tumores cerebrais infantis. Financiado pela Children with Cancer UK, pela Action Medical Research e pela The Brain Tumor Charity, o estudo foi o primeiro 
Ler mais
Cientistas do St. Jude Children’s Research Hospital, nos Estados Unidos, descobriram um gene associado a cerca de metade dos casos de resistência aos glicocorticoides em crianças com o cancro pediátrico mais comum: a leucemia linfoblástica aguda. O estudo, publicado na revista Nature Cancer, também identificou 
Ler mais
Quando o St. Jude Children’s Research Hospital, nos Estados Unidos, foi inaugurado, em 1962, o objetivo era claro: acabar com o cancro infantil. Na época em que Danny Thomas fundou a instituição, as taxas de sobrevivência das que crianças diagnosticadas com cancro eram de apenas 
Ler mais
Quando Maria Kavallaris foi diagnosticada com cancro aos 21 anos, decidiu que, caso conseguisse ultrapassar os agressivos tratamentos e vencesse a doença, faria algo para melhorar as terapias existentes. “Eu estava a receber doses altíssimas de quimioterapia, que tinham muitos efeitos secundários. Ao mesmo tempo, 
Ler mais
O meduloblastoma, o cancro cerebral mais comummente diagnosticado em crianças, pode ter origem em anormalidades biológicas nas células estaminais neurais ou nos precursores neuronais durante o desenvolvimento embrionário. Na verdade, os desafios clínicos da resistência ao tratamento e recidiva do tumor em pacientes com meduloblastomas 
Ler mais
O perfil abrangente de amostras de tumores recolhidas de pacientes com osteossarcoma mostrou que são vários os fatores contribuem para as respostas tradicionalmente negativas observadas no tratamento com inibidores do ponto de verificação imune, de acordo com uma nova pesquisa realizada pela Universidade do Texas, 
Ler mais
Newsletter