Investigadores estão a tentar compreender melhor de que forma um medicamento quimioterápico, a cisplatina, atua em sobreviventes de cancro infantil, com o objetivo de eliminar um dos efeitos secundários mais recorrentes do tratamento oncológico: a perda auditiva. Uma equipa de investigação da Universidade de Alberta, 
Ler mais