Mulheres sobreviventes de cancro infantil que foram tratadas com altas doses de antraciclinas têm um risco de desenvolver cancro de mama ao longo da vida semelhante ao de pessoas com mutações hereditárias, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of Clinical Oncology. Atualmente, 
Ler mais
Newsletter