Dietas saudáveis compostas por alimentos ricos em antioxidantes podem reduzir o risco de desenvolver infeções bacterianas ou mucosite durante a primeira fase do tratamento da leucemia linfoblástica aguda em pacientes pediátricos. A conclusão é de um estudo publicado no Journal of Clinical Oncology e realizado 
Ler mais
Segundo uma investigação realizada em crianças diagnosticadas com leucemia linfoblástica aguda, o consumo de antioxidantes através da ingestão alimentar correlaciona-se com taxas reduzidas de infeção ou mucosite, sem aumentar o risco de recidiva ou de redução da sobrevivência. Publicados no Journal of Clinical Oncology, os 
Ler mais