Sobrevivente regressa ao hospital para doar cabelo

Maria Fabiana de Albuquerque, uma adolescente brasileira, conhece bem os corredores do Centro Infantil Boldrini.

A jovem, hoje com 15 anos, começou a frequentar aquela instituição quando, aos 6 anos, foi diagnosticada com uma leucemia.

Depois de muitos tratamentos, Maria está hoje curada e quis retribuir o carinho e a atenção que recebeu doando parte dos seus longos cabelos para a confeção de perucas que ajudarão pequenos pacientes com cancro a melhorar a sua autoestima.

Esta foi a primeira vez que a jovem regressou ao hospital após ficar curada.

Os 40cm de cabelo doados por Maria foram cortados após o seu 15º aniversário.

A jovem só espera que “quem receber este presente, o receba com muito carinho”.

Comments are closed.
Newsletter

Últimas Newsletters
Ir para Arquivo