Sara, a sobrevivente que se quer tornar pediatra

Desde muito jovem que Sara Segner, uma jovem norte-americana, luta contra vários problemas de saúde.

Mas, hoje em dia, Sara está determinada em acabar o seu curso de medicina para que possa concretizar o seu sonho: ser pediatra.

“A minha rotina hoje é muito diferente: acordo cedo, vou para o hospital, vejo pacientes e depois volto para casa, para estudar”, disse a jovem.

“Às vezes é muito difícil para mim querer ser pediatra, porque parece que volto ao tempo em que tinha de estar internada. Mas quando vejo crianças que, tal como eu, têm de estar internadas, o medo dá lugar à força”.

“Quando tinha 14 anos, fui diagnosticada com doença de Crohn. Pouco tempo depois, os médicos disseram-me que eu tinha mononucleose, mas o tratamento não resultou. Depois de vários exames, fui diagnosticada com síndrome hemofagocítica, uma doença provoca a acumulação de glóbulos brancos que, eventualmente, acaba por danificar os órgãos”, explica a futura pediatra.

Depois de ter sido sujeita a diversas rondas de quimioterapia, Sara voltou a receber más notícias: a jovem tinha um linfoma.

Depois deste diagnóstico, Sara continuou a fazer quimioterapia, até que, em junho de 2010, entrou em remissão.

“Os meus médicos nunca desistiram de saber o que de errado se passava comigo. Foram incríveis”.

Atualamente, Sara está a estudar na Escola de Medicina Mayo Clinic Alix, onde lida com muitos daqueles que, outrora, lhe salvaram a vida.

“Às vezes, quando estou no serviço de pediatria, tenho que ligar para um serviço especializado, e, muitas vezes, quem me atende é alguém que tratou de mim. É muito engraçado”.

Para além de se dedicar aos estudos, a jovem também dá a cara pelo Brighter Tomorrows, um grupo de apoio para crianças com cancro e suas famílias.

“Este grupo é uma maneira de conhecer outras pessoas que estão a passar pela mesma batalha que nós”, disse o pai de uma criança com doença oncológica que se sentiu inspirado pela história de Sara.

Fonte: ABC

Comments are closed.
Newsletter