Redes sociais ajudam mãe a identificar cancro raro no olho da sua filha

Uma mãe que seguiu os seus instintos é a razão pela qual a sua filha está agora a receber tratamento para um cancro ocular.

“Lembro-me como se fosse hoje”, começa por dizer Jasmine Martin, a mãe da pequena Sariyah; “foi no dia 30 de julho que tirei uma foto à minha filha e notei que havia um brilho estranho no olho dela”.

Intrigada, Jasmine recorreu ao seu Facebook para saber a opinião de outros internautas.

Após ter publicado a foto, muitos foram aqueles que a aconselharam a procurar um médico. A mãe seguiu os conselhos e, no dia a seguir, levou a menina a um pediatra que a tentou acalmar, dizendo-lhe que não tinha de estar preocupada.

A foto partilhada por Jasmine nas redes sociais. – Fonte: Facebook

“Mas algo me dizia que devia procurar outra opinião. Como estávamos já numa altura de pandemia, demorei semanas a conseguir marcar uma consulta com um oftalmologista. Mas, com o apoio de uma amiga enfermeira, consegui”.

Após ser vista pelo oftalmologista, Sariyah foi de imediato encaminhada para o St. Jude Children’s Research Hospital, nos Estados Unidos, onde viria a ser diagnosticada com um retinoblastoma bilateral.

De acordo com a instituição, o retinoblastoma é uma forma rara de cancro que afeta cerca de 250 a 300 crianças, por ano, nos Estados Unidos; de uma forma geral, este tipo de cancro, que se desenvolve na retina, é mais comummente diagnosticado em crianças com menos de 5 anos de idade. O retinoblastoma pode afetar um ou ambos os olhos, sendo que, em cerca de dois terços dos casos, apenas um olho é afetado.

“Houve muitos avanços e retrocessos durante todo este processo, mas, felizmente, a Sariyah já está em casa. Ainda há motivos para preocupação: ao mesmo tempo que o tumor no olho direito está quase a desaparecer, surgiu uma pequena mancha no olho esquerdo”.

A família Martin. – Fonte: Facebook

Jasmine admite que, desde que a menina voltou a casa, por muita alegria que haja, a família vive uma “batalha interminável de ‘e se’.

Ainda assim, esta mãe ganha forças ao ver a felicidade da sua filha.

“Se olharmos para ela, nem saberíamos que ela estaria a passar por tudo isto. O sorriso dela nunca desapareceu, mesmo com todos os tratamentos”.

Jasmine e Sariyah. – Fonte: Facebook

Fonte: GMA

Comments are closed.
Newsletter