“Queremos usar as lições que ela nos ensinou para ajudar os outros”: a missão da família Price

Apesar de terem perdido a sua filha para um cancro infantil, em 2019, uma família natural de Roanoke, nos Estados Unidos, continua a cumprir a sua missão de aumentar a consciencialização sobre a oncologia pediátrica.

Na passada terça-feira, a família Price comemorou aniversário de Rowan em honra da menina que, com apenas 4 anos, diagnosticada com leucemia.

“É tudo muito diferente sem ela aqui”, diz a sua mãe, Mandy.

“Se ela estivesse viva, fazia hoje 6 anos. Íamos estar a rir o dia todo, a brincar, com ela a pedir para ir ao jardim zoológico. Infelizmente, nunca sabemos quando é que tudo vai mudar. Quando é que o nosso mundo vai ficar virado ao contrário”.

Rowan lutou contra uma forma rara e agressiva de leucemia durante 11 meses. Hoje, mesmo ausente, a sua família continua a lutar por melhores condições para todas as crianças diagnosticadas com cancro.

“O diagnóstico da Rowan foi a pior coisa que nos poderia ter acontecido. Nunca pensamos, enquanto pais, que os filhos serão diagnosticados com cancro. Achamos sempre isso só acontece aos outros”, explicou Scott, o pai de Rowan que, mesmo assim, está “determinado em manter o legado da minha filha e continuar a iluminar o mundo”.

A missão desta família alcançou novos patamares quando, já em 2021, a St. Baldrick’s Foundation, o maior financiador não governamental para a investigação na área da oncologia pediátrica, nomeou a família Price como seus embaixadores nacionais.

“Eles disseram-nos que estavam à procura de novos embaixadores que representassem a instituição, e que o nome da Rowan era um dos mais falados. Todos se lembravam do sorriso da minha filha, da foma carinhosa como ela tratava os outros. E então disseram-nos que só podia ser esta a forma de a continuar a homenagear”, contou Mandy que, acredita que “agora, ainda mais pessoas vão conhecer a história da minha filha”.

Para Scott, ser embaixador da St. Baldrick’s Foundation em noma da filha é uma forma de utilizar o espirito alegre da Rowan e de tentar alcançar o máximo número de pessoas possível para aumentar a consciencialização para o cancro infantil.

“Queremos ajudar a melhorar vidas. Queremos ajudar aqueles que estão a passar por situações parecidas às que nós passámos. E queremos encontrar novas maneiras de espalhar a luz que a Rowan tinha, usar as lições que ela nos ensinou para ajudar os outros”.

Fonte: WSLS

Comments are closed.