Novo método de rastreio de cancro desenvolvido na Universidade Nova de Lisboa

Uma investigadora da Universidade Nova de Lisboa desenvolveu um novo método de detecção precoce de cancro. O rastreio é efectuado através de sopro, para um saco plástico que identifica substâncias cancerígenas a partir de moléculas exaladas. 
Elvira Gaspar lidera o grupo de investigadores que criou o novo método de rastreio com potencial para aumentar as taxas de sobrevivência dos doentes. O inovador teste já foi apresentado à comunidade científica.
A investigadora salienta que o objectivo principal é que o procedimento possa vir a integrar os programas nacionais de rastreio de cancro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter