No Brasil, robot ajuda crianças a descontrair antes de cirurgias

O Hospital IPO de Curitiba, no Brasil, está a desenvolver um projeto piloto que pretende ajudar as crianças a descontraírem antes de serem sujeitas a cirurgias.

O robot, que surgiu de uma parceria entre o hospital e um grupo de investigadores, acompanha os pequenos pacientes desde a receção da unidade de saúde até à sala de operações, de forma a que estas se sintam mais confortáveis durante este processo.

“Tratamos esse projeto piloto como um complemento do espaço pré-cirúrgico, realizando um processo de ambientação para que a criança não seja submetida a uma tensão desnecessária”, conta João Luiz Garcia de Farias, diretor técnico do Hospital IPO.

O robot interage com as crianças, tentando acalmá-las

Ainda em fase de testes, este robot “amigável”, que trabalha apenas aos sábados, pode locomover-se e interagir com as crianças em atividades lúdicas que as distraem da tensão do momento.

“O principal objetivo é deixar os pais despreocupados e os seus filhos à vontade”, disse o diretor técnico do hospital.

Desenvolvido pelo engenheiro francês Olivier Smadja, o robot é controlado por controlo remoto. Para além de ser responsivo ao toque e de possuir um detetor de movimentos, é também “capaz de conversar através de frases programadas, que estimulam a criança a tocar-lhe e a brincar com ele”, explica o engenheiro.

“Acho esta iniciativa excelente”, disse a mãe de uma pequena paciente.

“Se não fosse o robot, de certeza que a minha filha estaria bem mais tensa”, conta.

“Na prática, a ideia é que as crianças possam ter um amigo antes e depois de qualquer processo stressante, seja antes ou depois da cirurgia. No pós-operatório, que é um momento difícil para qualquer criança, o robot tem um mecanismo de captação de som que lhe permite conversar e tranquilizar as crianças”, afirmou a coordenadora de enfermagem do Hospital.

Comments are closed.
Newsletter

Últimas Newsletters
Ir para Arquivo