Nanorobots podem ser chave no combate ao cancro

Cientistas do Instituto de Tecnologia de Israel (Technion) dizem ter desenvolvido nanorobots com capacidade para “nadar” através da corrente sanguínea. Estes robots podem mover-se facilmente através de fluidos corporais para atingir os seus alvos, o que os torna em fortes candidatos no combate ao cancro.
Num relatório publicado na revista Nano Letters, a equipa liderada por Bradley J. Nelson, Salvador Pané e Yizhar Or, refere que os seus nanorobots podem ser programados para eliminar especificamente as células cancerígenas, reduzindo assim o risco de complicações, a necessidade de cirurgias invasivas e promovendo uma recuperação mais rápida dos pacientes. 
Os investigadores garantem que esta nova abordagem está atualmente em desenvolvimento nos laboratórios e adivinha-se promissora.
A pesquisa foi financiada pelo Sétimo Programa-Quadro da União Europeia, pelo Conselho Europeu de Investigação e pela Fundação de Ciência Israelita.
Acompanhe os nanorobots neste vídeo.
Este artigo foi úlil para si?
SimNão

Deixe um comentário

Newsletter