Militar da GNR compete em prova de triatlo para ajudar crianças do IPO

Um militar da GNR vai competir na prova de triatlo Ironman 70.3 para mostrar a crianças com doença oncológica que todas as adversidades são passiveis de ser ultrapassadas.

Francisco Caldas, que também é voluntário da Liga Portuguesa Contra o Cancro vai participar na prova juntamente com 6 amigos.

Esta participação é uma forma do militar passar uma mensagem aos pequenos guerreiros que fazem tratamento no IPO do Porto.

“É uma forma de lhes mostrar que é possível ultrapassar a doença, com trabalho e dedicação. Eu não sabia nadar, o que era um desafio para mim, da mesma forma que eles têm que fazer os tratamentos para vencerem o problema de saúde que têm”, disse Francisco ao Correio da Manhã.

“A palavra impossível foi inventada por alguém que um dia desistiu”, afirmou o militar.

Francisco Caldas pretende também promover a equipa de futebol da Pediatria do IPO, os Resistentes, um projeto que incentiva a prática desportiva e que quer aumentar a autoestima das crianças em tratamento.

Nesta dura prova, os participantes terão de nadar 1,9 quilómetros, a pedalar 90 quilómetros e a correr 21 quilómetros em menos de oito horas e meia.

“A aprendizagem que levamos nesta preparação é que, quando se quer muito uma coisa, é preciso lutar, acreditar e, sempre que possível, concretizar. E estas crianças não deixam de o ser por estarem, atualmente, doentes”, contou o militar.

Comments are closed.
Newsletter