Jovens universitários nos EUA dançam contra cancro infantil

Alunos da Universidade de Villanova, nos Estados Unidos, dançam para ajudar na luta contra o cancro infantil e apoiar a Fundação The Andrew McDonough B +. 
A fundação foi criada com a finalidade de homenagear Andrew, um jovem de 14 anos que lutou contra o cancro ao longo de 167 dias e acabou por falecer vítima da doença em julho de 2007. 
Enquanto lutava contra a doença, Andrew inspirou milhares de amigos e famílias. O seu tipo sanguíneo era B +, que se tornou o lema da sua família durante toda a luta, para “Ser positivo.” 
O projeto NOVAdance foi criado a partir da sua inspiração e para honrar a sua memória, assumindo-se como um esforço de captação de recursos ao longo do ano, através de uma maratona de 12 horas de dança que decorre a cada primavera na Universidade Villanova, na Pensilvânia. 
O projeto teve início em 2014 e já conseguiu angariar mais de 68 mil dólares (cerca de 61,3 mil euros) para a pesquisa do cancro, a fim de ajudar famílias afetadas pela doença. 
Neste vídeo é possível ver alguns dos momentos especiais protagonizados por estes jovens.
Este artigo foi úlil para si?
SimNão
Comments are closed.
Newsletter