Jovens sobreviventes agradecem a dadores de sangue

Setembro é o mês de sensibilização para o cancro infantil e, para o celebrar, vários sobreviventes canadianos estão a visitar centros de doação de sangue para agradecer aos dadores.

Um desses sobreviventes foi Ryane Nethery, uma jovem que, aos 3 anos, foi diagnosticada com cancro nos rins.

“Uma semana depois do diagnóstico, a Ryane foi sujeita a uma cirurgia, que teve imensas complicações, e que quase lhe roubou a vida. Senão fossem as transfusões de sangue, não sei se a minha filha estaria connosco hoje”.

Hoje, Ryane tem 15 anos e, embora não se lembre do difícil processo que teve de ultrapassar, estará para sempre agradecida às pessoas que, sem saberem, lhe salvarem a vida.

“Tive de fazer muitas transfusões de sangue quando fui sujeita a uma cirurgia. Por isso, é muito importante para mim agradecer a todas as pessoas que me ajudaram a viver. Eu estou viva graças a todos os dadores de sangue”, disse a sobrevivente.

Esta “campanha de agradecimento” foi uma iniciativa da Kids Cancer Care, uma organização que ajuda crianças e famílias afetadas pelo cancro infantil.

“Através desta campanha, conseguimos fazer com que os dadores percebessem para onde são direcionadas as suas dádivas. E isso é muito importante, disse Nikki Lamarche, uma das fundadoras da Kids Cancer Care.

Fonte: Calgary

Comments are closed.
Newsletter