Jovem rapa cabelo e angaria 38 mil dólares para a oncologia pediátrica

Muitas pessoas passaram a sua quarentena a pensar cortar o cabelo. Kieran Moïse, um jovem norte-americano de 17 anos passou do desejo aos atos quando, ao fim de 6 anos a deixar crescer o cabelo, decidiu rapá-lo a favor de uma causa nobre.

O corte de cabelo de Kieran rendeu-lhe 38 mil dólares (cerca de 31 mil euros), valor que foi doado a uma instituição que apoia crianças com cancro.

O motivo que levou este adolescente a rapar o seu cabelo está relacionado com o facto de este ter conseguido concretizar o seu sonho: juntar-se à Força Área. Como tal, o seu enorme cabelo “teria que ser cortado”.

Ao saber desta noticia, Kieran não teve duvidas e decidiu logo que iria doar o seu cabelo a crianças que tinham perdido o delas por causa do cancro.

Kieran sempre foi conhecido pelos seus longos cabelos. – Fonte: DR

“Desde criança que sempre quis ajudar crianças com cancro. Quando frequentava o 8º ano, o meu melhor amigo foi diagnosticado com cancro e, desde aí, que odeio esta doença”.

Kieran lembra-se de tudo aquilo pelo qual o seu amigo passou enquanto era submetido a tratamentos oncológicos no St. Jude Children’s Research Hospital.

“Eu sabia que não queria apenas cortar o cabelo. Queria doá-lo, queria enviar uma mensagem a todas as crianças diagnosticadas com cancro, para que elas saibam que não estão sozinhas, que há pessoas que querem o bem delas”.

De acordo com o The Washington Post, depois de doar o seu cabelo para a “Curls for Cancer”, Kieran começou sua a própria iniciativa de angariação de fundos para continuar a apoiar crianças que com cancro.

A iniciativa, feita em conjunto com o St. Jude Children’s Research Hospital, teve como objetivo angariar 19 mil dólares (cerca de 15 mil euros). Rapidamente, essa meta foi ultrapassada, e Kieran conta agora com mais de 38 mil dólares angariados.

“Desde criança que o Kieran é conhecido pelo seu cabelo grande. Toda a gente repara nisso. Onde quer que ele fosse, era ‘o rapaz do cabelo’”, conta a sua mãe.

“Por isso”, diz, orgulhosa, “o facto de ele ter cortado o cabelo em prol de crianças com cancro é a prova de que o meu filho tem um coração de ouro”.

Kieran fez questão que fosse a sua mãe a cortar-lhe o cabelo. – Fonte: DR

Para Kieran, a sua ação está ligada ao mantra que o acompanha desde criança – “ser uma boa pessoa”.

“Desde que me lembro, que me ensinaram a ser bom. Que me ensinaram que a bondade devia ser cultivada. No fundo, com esta iniciativa, foi isso que fiz. Tentei ser bom para aqueles que mais precisam”.

Para além de angariar dinheiro, Kieran também quer inspirar outras pessoas a apoiarem crianças com doença oncológica.

“Só assim faz sentido viver”, diz o jovem, que está já a frequentar a Academia da Força Aérea norte-americana.

Fonte: Bckonline

Comments are closed.