Jovem promove recolha de peluches para crianças com cancro

“Um peluche pode fazer a diferença na vida de uma criança com cancro”.

Quem o diz é Kaitlyn Sitton, uma estudante do 7º ano norte-americana que irá recolher, durante todo o mês de setembro, o mês da consciencialização para o cancro infantil, o maior número possível de peluches para doar a crianças com cancro internadas no Hospital Infantil do Texas, nos Estados Unidos.

Este é já o quarto ano em que Kaitlyn se envolve em missões solidárias de consciencialização para o cancro infantil.

A recolha será feita em várias escolas norte-americanas do estado de Houston.

“Quando pensamos em crianças com cancro, pensamos em sofrimento, mas esquecemo-nos da solidão. Estar internado num quarto de hospital pode ser uma coisa muito solitária. Por esse motivo quis fazer algo que desse algum alento a essas mesmas crianças. Quero que elas saibam que não estão sozinhas”, disse a jovem.

De acordo com o Children´s Cancer Research Fund, todos os anos, mais de 15 mil crianças e adolescentes são diagnosticados com cancro infantil, só nos Estados Unidos.

Fonte: Houston Chronicle

Comments are closed.
Newsletter