Israel pretende importar cannabis para fins medicinais

O Governo Israelita aprovou, recentemente, uma norma que irá regular a importação e o cultivo de cannabis para usos médicos. A droga é utilizada por milhares de pessoas no país para tratar, por exemplo, doenças crónicas e terminais, como o cancro.
O Ministério da Saúde de Israel juntamente com a polícia e a Autoridade Antidrogas do país vai ser responsável por supervisionar normas impostas para o uso da cannabis bem como pela supervisão da importação e do cultivo local a substância.
Israel pretende importar a cannabis, que contém a substância activa Tetra Hidro Cannabiol (THC), de países como o Canadá ou a Holanda que têm já bastante experiência no cultivo, controlo e qualidade dos ingredientes activos.
Em Israel, a cannabis é utilizada por cerca de 6.000 pessoas para fins medicinais, nomeadamente em casos de dores crónicas e doenças terminais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter