Irmãos vendem bálsamo labial para combater cancro infantil

Descobrir que um ente querido tem cancro faz com que algumas pessoas se sintam impotentes, mas para duas crianças empreendedoras, a devastadora notícia fê-los sentir uma necessidade urgente de ajudar.

Os irmãos Harry e Heath Bennett tinham apenas 11 e 7 anos de idade quando o seu amigo Timmy foi diagnosticado com Linfoma de Hodgkin.

“Eu e o Heath ficámos chocados e tristes”, recorda Harry, agora com 13 anos. “Soubemos imediatamente que tínhamos de fazer algo para ajudá-lo a sentir-se melhor.”

Ao ficarem a saber que pele e lábios ressequidos são um dos efeitos secundários mais comuns decorrentes da quimioterapia, os irmãos tiveram uma ideia: criar um batom que fosse suave o suficiente para poder ser usado por pacientes com cancro.

E assim nasceu a Bennett Brothers Balm.

Feito artesanalmente na cozinha da família Bennett, este protetor labial natural demorou algum tempo a ser aperfeiçoado.

“Devemos ter feito uns 10, ou mais, lotes antes de atingirmos os nossos objetivos”, disseram os pequenos empreendedores.

Neste momento, os irmãos já criaram uma linha de produtos completa, que inclui creme corporal, bálsamo para os olhos e um bálsamo de barriga projetado para acalmar o estômago, náuseas e ansiedade.

A linha é vendida em algumas lojas de produtos naturais, em feiras de artesanato e em eventos de angariação de fundos.

Harry e Heath Bennett numa das suas diversas ações.

Todos os lucros são para apoiar a pesquisa sobre o cancro infantil.

“Apenas 4% do financiamento do governo norte-americano para pesquisa do cancro é dirigido ao cancro infantil, e nós, enquanto ainda crianças, acreditamos que as crianças merecem mais do que 4% e sabemos que as pessoas que compram os nossos produtos também se sentem assim!”, disseram os irmãos.

Harry e Heath já foram distinguidos com o Prémio Gloria Barron de Jovens Heróis, que reconhece jovens líderes em toda a América do Norte que “melhor demonstram qualidades heroicas como coragem, compaixão e perseverança, e que têm um impacto significativo e positivo no mundo”.

Apesar de Harry querer ser um biólogo marinho e Heath um investigador, por enquanto os dois irmãos estão concentrados em fazer crescer o seu negócio, para que consigam angariar cada vez mais dinheiro para a causa da oncologia pediátrica.

Até o momento, estes dois irmãos já doaram mais de 28 mil dólares (cerca de 24 mil euros) para pesquisas sobre o cancro infantil.

“Nunca se é jovem demais para fazer a diferença, e até mesmo algo pequeno pode ter um impacto grande e duradouro. O voluntariado é algo importante”, disseram os irmãos.

Um conselho para as muitas crianças com cancro ao redor do mundo? “Acreditem em vocês mesmos e nunca desistam”.

Comments are closed.
Newsletter