Investimento nos IPO alarga acesso a cirurgias, tratamentos e diagnósticos

Os três institutos de oncologia portugueses (IPO), em Lisboa, Coimbra e Porto, vão fazer obras e comprar equipamentos que vão permitir fazer mais cirurgias, mais tratamentos e diagnosticar e tratar mais cedo as doenças oncológicas. 
Para os seus projetos de investimento, alguns já em preparação, os IPO vão poder contar com verbas que foram atribuídas recentemente pelo Governo e que irão juntar-se a fundos próprios das unidades. 
Só para os IPO, foram destinados mais de dez milhões de euros, mas o valor total é de 30 milhões de euros, que serão injetados através de um aumento de capital estruturante dos hospitais.
Este artigo foi úlil para si?
SimNão

Deixe um comentário

Newsletter