Investigadora portuguesa faz descoberta importante para tratamento do cancro

Uma investigadora portuguesa descobriu um novo mecanismo de regulação do tráfego de proteínas dentro das células humanas que pode contribuir para o tratamento do cancro ou da doença de Alzheimer.

De acordo com a agência Lusa, a cientista portuguesa Cláudia Almeida, que trabalha no Instituto Marie Curie, em Paris, descobriu que existe uma proteína que contribui para deformar as paredes do complexo de Golgi, a estrutura responsável pela absorção de moléculas e pela distribuição destas no meio intracelular.

A investigadora considera esta descoberta importante, na medida em que vai permitir compreender melhor as alterações nos mecanismos celulares que originam várias doenças graves.

A cientista não exclui também a possibilidade de serem feitas mais descobertas importantes que acelerem o tratamento do cancro ou da doença de Alzheimer.

Este artigo foi úlil para si?
SimNão

Deixe um comentário

Newsletter