iNOVA4Health completa um ano e tem em marcha 23 projetos

A unidade de investigação iNOVA4Health, que nasceu há cerca de um ano, já deu início aos primeiros 23 projetos previstos. 
A unidade, que junta o Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (iBET), instituições da Universidade Nova de Lisboa (ITQB, Faculdade de Ciências Médicas e CEDOC) e o Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil de Lisboa (IPO de Lisboa), num total de 140 investigadores, tem como foco o desenvolvimento de novos fármacos.
Manuel Carrondo, coordenador do iNOVA4Health, explica que “todos os projetos que estavam previstos no programa arrancaram, os últimos [iniciaram-se] há dois meses e estão 23 em curso”, focados em doenças crónicas ou cancro, com novos produtos, como biomarcadores e utilização de células para controlo do cancro.
O iNOVA4Health foi criado com a finalidade de unir esforços e ligar cientistas e profissionais que trabalham no desenvolvimento e aplicação de fármacos adequados a cada paciente com doenças crónicas e neurodegenerativas, aumentando a competência de Portugal na área.
Este artigo foi úlil para si?
SimNão

Deixe um comentário

Newsletter