Identificada molécula que impulsiona proteína que mata cancro

Cientistas norte-americanos identificaram uma nova molécula que tem como função induzir uma proteína segregada pelas células saudáveis e que assume um papel fundamental na supressão de tumores, eliminando as células tumorais e deixando as células saudáveis ilesas. 
Os especialistas da Universidade de Kentucky explicam que a molécula Arylquin 1 impulsiona a produção da proteína Par-4, que é geralmente segregada pelas células saudáveis em quantidades limitadas, sem causar danos às células produtoras.
As descobertas, publicadas na revista Nature Chemical Biology, foram obtidas a partir de culturas de laboratório e modelos animais e têm fortes implicações no futuro de potenciais tratamentos contra o cancro.
Num próximo passo, os investigadores pretendem focar-se na Arylquin 1 com o intuito de criar um composto capaz de inibir tumores primários ou metastáticos.
Este artigo foi úlil para si?
SimNão

Deixe um comentário

Newsletter