Hospital de Gaia usa cirurgia inédita para reconstruir mandíbula de crianças com cancro

O Centro Hospitalar de Gaia/Espinho desenvolveu uma cirurgia inédita que permite reconstruir com eficácia a mandíbula de crianças que tenham tumores nos ossos da face.

Crianças com tumores nos ossos da face podem recorrer à reconstrução da mandíbula através de uma cirurgia inédita que foi desenvolvida no Centro Hospitalar de Gaia. A técnica consiste em substituir a estrutura afectada por um osso da bacia, que acompanha o crescimento do desenvolvimento facial.

A microcirurgia já era usada, a nível mundial, na reconstrução óssea de membros inferiores e superiores, mas a sua aplicação na mandíbula foi testada pela primeira vez em 2010 no hospital de Gaia. Evitar que as crianças fiquem com a cara deformada depois de retirado o tumor é o objectivo da intervenção.

Com o transplante do osso da bacia, os menores ficam com um osso saudável na face e em crescimento. Até hoje, já foram operadas quatro crianças pela equipa liderada por Horácio Costa, director de Cirurgia Plástica do Hospital de Gaia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter