Formação sobre dor neuropática em doentes oncológicos no IPO Lisboa

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO Lisboa) vai promover no próximo dia 24 de fevereiro, no âmbito da sua Clínica de Dor, uma formação destinada a profissionais de saúde na área da dor neuropática no doente oncológico.
Matilde Raposo, anestesiologista e diretora da Clínica da Dor do IPO Lisboa, sublinha a importância deste curso, lembrando que, “no doente oncológico, a dor neuropática pode surgir como consequência direta da doença, como, por exemplo, compressão das estruturas nervosas pelo tumor, ou como consequência dos efeitos colaterais do tratamento tumoral”.
A responsável reconhece que um maior conhecimento dos profissionais de saúde na área da dor neuropática beneficia, em muito, os doentes, por alertar os clínicos para uma identificação mais célere da origem das queixas dos pacientes, permitindo assim reduzir o tempo entre o diagnóstico e o tratamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter