“Foi o dia mais feliz da minha vida”: a vitória de Matt

Foi um dia muito emocionante, aquele em que Matt Driscoll tocou no sino da esperança para comemorar o fim do seu tratamento contra uma leucemia.

O jovem sobrevivente, agora com 19 anos, foi diagnosticado com leucemia linfoblástica aguda em 2016; desde aí, foi sujeito a “centenas de sessões de quimioterapia”.

“Nunca pensei ser diagnosticado com um cancro. Eu jogava basquete, futebol…era um rapaz muito ativo e em forma. Quando fui diagnosticado não consegui aceitar que aquilo que me estava a acontecer”, conta o jovem.

Durante todo o processo, Matt manteve-se sempre otimista. – Fonte: DR

Apesar das dificuldades, Matt permaneceu positivo durante todo o tratamento.

“A maneira com encaramos a doença é muito importante. Acredito que manter o positivismo é fundamental para ultrapassarmos o cancro e conseguirmos ficar curados”.

Há algumas semanas, Matt caminhou pelos corredores do Hospital Infantil Akron, em Ohio, para tocar no sino da esperança. O momento foi registado em vídeo.

“Enquanto caminhava em direção ao sino, ia tendo flashbacks da minha jornada nestes últimos 3 anos e meio. Por um ponto final neste capítulo da minha vida foi muito intenso. Este foi, sem dúvida, o dia mais feliz da minha vida.”

Atualmente, Matt frequenta a Universidade Duquesne, onde estuda Gestão.

Matt e os seus pais. – Fonte: DR

Fonte: Good Morning America

Este artigo foi úlil para si?
SimNão
Comments are closed.
Newsletter