Especialistas sugerem medidas para a área oncológica

Um grupo de peritos e especialistas oncológicos do país decidiu elaborar um documento com sugestões para a área da oncologia em Portugal, que tem como objetivo potenciar o desenvolvimento de políticas para travar a doença, mesmo numa altura de crise, refere o Público.

António Araújo, do Instituto Português de Oncologia do Porto, afirma que, “num panorama de contenção, a oncologia tem sido um pouco esquecida”, pelo que surgiu a necessidade de apresentar medidas na área oncológica que garantam o combate à doença, apesar da crise económica que o país atravessa.

Para cumprir esse objetivo, um grupo de especialistas e peritos formado pelos clínicos mais conceituados na área da oncologia decidiu criar um documento com sugestões para combater o cancro no país, o qual será entregue ao Ministério da Educação.

A luta contra as doenças oncológicas é fundamental, visto que, segundo refere António Araújo, o cancro é “a doença que mais crescerá nos próximos anos”.

A iniciativa de criar o documento foi de António Araújo, Sérgio Barroso, diretor do Serviço de Oncologia do Hospital de Évora, e Adalberto Fernandes, professor da Escola Nacional de Saúde Pública (Lisboa) e membro do conselho de administração do grupo privado HPP. Aos três juntaram-se ainda outros 14 especialistas em oncologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter