Especialistas contra criação de Instituto Nacional do Cancro

A proposta apresentada pelo Grupo Técnico para a Reforma Hospitalar de criação de um Instituto Nacional do Cancro, que acabaria com os institutos portugueses de oncologia do país, foi criticada por especialistas da Universidade Nova de Lisboa. 
Os responsáveis consideram que o sistema atual de gestão do cancro no país, que integra institutos de oncologia em várias cidades, é eficiente, e questionam a decisão do grupo de criar um único Instituto Nacional de Oncologia. 
Apesar de não concordarem com a centralização do tratamento do cancro no país, os especialistas da universidade defendem que deve ser construído um novo hospital em Lisboa, uma medida que também foi apresentada no âmbito da Reforma Hospitalar. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter