Dispositivo portátil de tratamento de cancro surge como alternativa à quimioterapia

A agência norte-americana que regula o medicamento (FDA) aprovou um novo sistema não-invasivo que pode substituir a quimioterapia no combate ao cancro, o NovoTTF-100A indicado para o tratamento de tumores cerebrais. 
O NovoTTF, um dispositivo portátil desenvolvido por especialistas israelitas do Instituto Novo Cure, possibilita aos doentes prosseguir com as suas actividades diárias normais enquanto mantêm a sua terapia contra o cancro. 
Este é o primeiro dispositivo médico desenvolvido para o tratamento do cancro que pode ser usado como alternativa à quimioterapia. O NovoTTF foi aprovado para o tratamento de pacientes com glioblastoma recorrente, um tipo de tumor que continua a crescer mesmo após realização de cirurgia e quimioterapia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter