Criados vasos sanguíneos humanos em três dimensões

Um grupo de cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, conseguiu criar uma rede de capilares humanos num suporte tridimensional, com sangue a fluir, que, além de auxiliar na compreensão do desenvolvimento das doenças, permitirá testar novos tratamentos.

Durante o projeto, os investigadores conseguiram produzir um sistema tridimensional de capilares sanguíneos com a espessura de um fio de cabelo e, para esse feito, foi utilizado um molde de colagénio.

Nos espaços dentro desta matriz, os cientistas introduziram células humanas endoteliais que formam a parede interna dos vasos sanguíneos e, ao fim de duas semanas, estas células organizaram-se e criaram uma rede de canais da espessura de um fio de cabelo (100 micrómetros) no molde retangular.

Os investigadores consideram que este projeto é também importante para o estudo do cancro, uma vez que um dos passos fundamentais para a metastização dos tumores envolve a circulação sanguínea e este modelo pode vir a ser desenvolvido para produzir transplantes médicos do sistema circulatório.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter