Contra todas as probabilidades, menina supera cancro

4%. Foi este o número que os médicos da pequena Isla Caton, de apenas 5 anos, deram à sua família. Era esta a sua probabilidade de sobrevivência.

Hoje, a menina está livre de cancro.

Quando Isla foi diagnosticada com um cancro infantil agressivo, a sua família, natural do Reino Unido, organizou várias angariações de fundos, que lhes pagar tratamento especial em Barcelona.

Hoje, os médicos dizem que os exames não mostram quaisquer sinais de cancro, mas ainda assim a menina precisa de muitos cuidados para garantir que as células cancerígenas não recidivem.

“Deram-lhe 3 meses de vida. E foi por isso que decidimos ir até Barcelona, onde existia um tratamento que não estava disponível no Reino Unido. E 7 meses depois, aqui estamos, com a nossa filha curada”, disseram Nikki e Michael, os pais de Isla.

Quando foi diagnosticada com a doença, o cancro já se tinha metastisado para os ossos e para a medula óssea. Isla foi sujeita a muitas rondas de quimioterapia, centenas de transfusões de sangue, dezenas de sessões de radioterapia e muitos outros tratamentos.

Mas tudo isso faz, felizmente, parte do passado.

A família espera agora regressar o mais rapidamente possível ao Reino Unido, onde querem aproveitar esta nova oportunidade.

Fonte: ITV

Comments are closed.
Newsletter