Combinar quimioterápicos potencia luta contra cancro

A combinação de fármacos oncológicos que têm como alvo terapêutico as proteínas tumorais c-MET e VEGF pode ser mais eficaz no tratamento de vários tipos de cancro, revela uma pesquisa norte-americana.
 
Cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, testaram os medicamentos quimioterápicos sunitinib (inibidor de VEGF), crizotinib (inibidor de c-MET) e cabozantinib (contra as duas proteínas) em cobaias de laboratório e concluíram que a sua utilização em simultâneo era mais eficaz no combate à doença.

Num artigo publicado na revista Cancer Discovery, os investigadores explicam que os animais utilizados nos testes sofriam com diferentes tipos de tumores e os resultados obtidos foram favoráveis para qualquer tipo de cancro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter