Combinação molecular mostra resultados no combate ao cancro

Uma nova combinação molecular que resulta da junção das moléculas MyD88 e CD40, designada por iMyD88/CD40, actua de forma eficaz na activação das células dendríticas (células do sistema imunológico), melhorando a eficácia das vacinas tumorais.

A combinação molecular foi testada por investigadores do Colégio de Medicina de Baylor. Para criar esta resposta anti-tumoral melhorada, os cientistas fundiram as duas moléculas, a MyD88, que desencadeia a indicação inicial “perigo”, informando o sistema imunológico de uma infecção, com a CD40, que activa as células dendríticas quando estas atingem os gânglios linfáticos.

O artigo, publicado no The Journal of Clinical Investigation, indica que esta nova combinação molecular pode resultar num tratamento imunológico mais seguro e eficaz se a mesma for aliada à proteína de origem humana FKBP12, que assume grande afinidade com a AP1903, uma molécula sintética que conecta duas subunidades moleculares semelhantes (por exemplo, a MyD88/CD40).

Após a administração do AP1903, a combinação molecular tornar-se-á num complexo de proteína de moléculas semelhantes, o que permitirá simular os mecanismos de activação normal.

Os cientistas acreditam que esta evolução surge como um ponto essencial para criar tratamentos imunológicos mais eficazes para uma variedade de tumores cancerígenos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter