Cientistas iniciam ensaios clínicos de vacina contra glioblastoma

Cientistas norte-americanos preparam-se para testar a viabilidade de uma vacina experimental contra o glioblastoma multiforme (GBM) em doentes recém-diagnosticados com a doença. Este tipo de cancro cerebral é um dos mais agressivos já identificados. 
Pesquisadores do Centro Médico Wake Forest Baptist, nos Estados Unidos, preparam-se para avançar com ensaios clínicos num estudo controlado com placebo, em 25 doentes, para apurar a eficácia da uma vacina contra o glioblastoma multiforme.
Os pacientes avaliados serão sujeitos ao tratamento padrão, que se processa atualmente com cirurgia seguida de radioterapia e quimioterapia, e, posteriormente, dois terços dos voluntários receberão o tratamento com a vacina experimental.
 
A vacina em causa representa um avanço significativo no tratamento deste tumor cerebral agressivo, dado que tem como alvo antigénios (partícula ou molécula capaz de iniciar uma resposta imune) ou proteínas localizadas nas células-tronco do glioma, destacando-se das atuais terapêuticas que atuam diretamente nas células cancerígenas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter