“As crianças devem viver a vida, não estar a lutar por ela”

“Todos os anos, mais de 1 400 crianças são diagnosticadas com cancro no Canadá. Não é justo. As crianças devem viver a vida, e não estar a lutar por ela”.

Foi desta forma que Roberta Hunt, uma mulher natural do Canadá, deu o mote para a sua participação no Riding to Fight Kids Cancer, uma corrida de bicicletas solidária de 200 km organizada pela SickKids Foundation.

Roberta está empenhada em angariar o máximo de fundos possível para ajudar crianças com cancro ou “os pequenos guerreiros que todos os dias me inspiram”, como costuma dizer.

O cancro infantil apareceu na vida de Roberta quando esta conheceu Cassidy Davies-Hunt, uma menina com cancro infantil que faleceu a 25 de novembro de 2018, quando tinha apenas 10 anos de idade.

“A maneira como a Cassidy enfrentava a vida era inspiradora. A sua visão do mundo continuava a ser muito positiva, apesar do cancro com que fora diagnosticada. Essa perspetiva inspirou-me profundamente.”

Foi a partir daí que Roberta se começou a interessar pela causa da oncologia pediátrica.

A partir de agosto, Roberta planeia pedalar 10 km por dia para atingir a sua meta de 200 km; os participantes do Riding to Fight Kids Cancer têm ao seu dispor uma aplicação que, todos os dias, faz o rastreamento dos quilómetros percorridos.

Esta é a segunda vez que Roberta participa nesta iniciativa; a primeira vez foi no ano passado.

Com o objetivo inicial de angariar 500 dólares (cerca de 300 euros), Roberta conseguiu angariar mais de 1 400 dólares (cerca de 800 euros); desta vez, o objetivo é ainda maior.

“Embora pequeno, sei que o meu contributo vai ajudar a SickKids Foundation a desenvolver o seu trabalho na área da oncologia pediátrica. Mas, se mais pessoas se juntarem, juntos poderemos tentar encontrar novos e melhores tratamentos para estas crianças”.

Fonte: South Peace News

Comments are closed.
Newsletter