Addy, a menina que quer ajudar outras crianças

Addison Gigliotti é uma menina de 6 anos de idade que, mesmo com uma doença genética, não desiste e tem como missão ajudar outras pessoas.

Addy, como lhe chamam os amigos, deu início a um projeto que pretende ajudar os vários hospitais que cuidaram dela nos últimos anos.

A menina tinha apenas 2 anos quando recebeu um diagnóstico: Addy sofre de uma doença rara que impede o sistema imunitário de funcionar normalmente.

Durante os seguintes 2 anos, a Addy foi recebendo tratamentos para controlar a sua doença, mas, em setembro passado, os médicos descobriram que a sua irmã recém-nascida era compatível com Addy, pelo que deram início a um processo de transplante de células estaminais.

Durante 6 semanas, a criança e a sua mãe estiveram completamente separadas da sua família na Unidade de Transplantes do Boston Children’s Hospital, nos Estados Unidos.

“Devemos tudo aquelas pessoas. Estarei eternamente grata pela forma como fomos tratadas por todos os profissionais daquele hospital”, disse.

Durante o período de isolamento, Addy e sua mãe descobriram um novo hobby: o artesanato.

“Não tínhamos nada para fazer e então decidimos procurar um novo hobby. A Abby escolheu o artesanato e tem sido uma experiência muito divertida”.

O primeiro projeto desta dupla foi fazer corações.

“A Addy queria dar corações aos seus amigos da escola. Então pusemos mãos à obra e fizemos alguns corações que personalizámos com os nomes dos seus melhores amigos”.

De seguida, mãe e filha começaram a fazer e a vender elfos, cujo valor da venda reverteu a favor do Boston Children’s Hospital.

“O sucesso foi tal que decidimos criar o Cureative Designs, um projeto onde personalizamos presentes e onde parte dos lucros revertem para todos os locais que, ao longo da sua vida, ajudaram a Addy, como o Dana-Farber Cancer Institute e o Boston Children’s Hospital”.

Em poucos meses, esta dupla já angariou mais de 20 mil dólares (cerca de 16 mil dólares).

“Tem sido incrível. Temos recebido um apoio extraordinário e queremos continuar a crescer e ajudar crianças e hospitais”.

Recentemente, Addy e a sua mãe fizeram parceria com a Strong Little Souls, uma organização sem fins lucrativos que ajuda famílias afetadas pelo cancro infantil.

Fonte: NBC Boston

Comments are closed.