“A quimioterapia deu cabo de mim”: o relato de Justice

“A quimioterapia deu cabo de mim”.

Foi desta forma que Justice Wexler-Kariher começou a relatar a sua experiência enquanto sobrevivente de uma leucemia linfoblástica aguda (LLA).

Apesar da sua mãe, Jayne, não gostar que o filho seja tão direto na sua abordagem, a verdade é que ela partilha o mesmo sentimento sobre o tratamento oncológico a que o seu filho foi sujeito.

Justice tem hoje 16 anos, mas grande parte da sua vida foi passada a lutar contra uma doença que, embora em remissão, lhe continua a dar problemas: o adolescente sofre agora com alguns efeitos secundários decorrentes do tratamento, nomeadamente problemas cardiovasculares.

“Não podemos dizer que tenha sido uma jornada fácil, longe disso. O nosso caminho até aqui foi bastante difícil. Ainda hoje parece mentira. Mas a verdade é que estamos aqui os dois, e eu tenho a sorte de poder dizer que o meu filho é um sobrevivente.”

O importante para este filho e esta mãe não é falar do passado, mas sim do futuro.

“A experiência com o cancro deu-me uma visão bem mais profunda da vida. Sei que tenho apenas 16 anos, mas esta jornada mudou-me.”

Justice deu alguns conselhos para outras crianças que podem estar a passar por lutas semelhantes à sua.

“Se foste diagnosticado com cancro, não tenhas vergonha. Não tenhas vergonha se ficaste careca, se te sentes cansado, se não consegues fazer tudo aquilo que fazias antes. Isso não importa. Vais ver que isso vai passar, e que vais sair dessa experiência ainda mais forte!”.

Fonte: Survivor Net

Comments are closed.
Newsletter